Com você...

3 de abril de 2010

Eu acho que existem várias caras para o amor, por isso eu digo que já amei em outros relacionamentos que tive, senão eu não teria sofrido após o rompimento com cada namorado.

Há quase cinco anos, eu estou com a mesma pessoa, o relacionamento mais longo que já tive. E o que eu sinto às vezes parece passar do que todos chamam de AMOR, o que eu senti nos relacionamentos anteriores, ainda não chegou perto do que eu sinto hoje.

Eu não estou aqui para dizer que sou a pessoa mais experiente do mundo, mas posso com certeza afirmar que aprendi muito nesses cinco anos com a mesma pessoa.

Aprendi a amar as qualidades e, principalmente, os defeitos; sim, os defeitos porque quem quer viver a dois ou namorar sério uma pessoa tem de aprender a amar ou pelo menos respeitar os defeitos do parceiro(a). Se você fizer isso, pode ter certeza de que seu relacionamento vai durar muito.

E tudo que virá depois será apenas a recompensa para quem aprendeu a olhar o outro como quem erra, porque o erro e os defeitos fazem parte do ser humano.

Nesses últimos meses, eu tenho vivido em um estado de graça que eu fico sem palavras para explicar. Todos os dias, eu o vejo e acordo ao seu lado, mas tudo acontece como se eu o visse pela primeira vez.

Se eu ainda serei mais feliz do que sou hoje? Não sei, não gosto de prever o meu futuro. Só sei que o que eu tenho e sinto hoje já me basta para ser feliz.

1 comentários:

Jamylle Carvalho opinou...
Isso é tão lindo *-----*