Na minha inútil tentativa de entender os humanos

14 de abril de 2010

Nesse dias, para variar, eu não ando muito bem. Tem acontecido coisas que estão me deixando meio sufocada, sem rumo, sozinha.

Eu estou numa fase em que a descrença nos sentimentos e nas pessoas só aumentam em mim. Eu não sei até aonde vai a maldade humana, o que ela é capaz de fazer para perturbar a vida de alguém. Ou, se não existe maldade, mas sim a falsidade, a mentira, o poder de usar o outro, enganar.

A minha cabeça parece que vai explodir, penso, penso, penso e não acho resposta para as minhas perguntas, para as minhas dúvidas. Eu queria ter o poder de entrar na mente das pessoas e descobrir se estão falando a verdade quando eu faço uma pergunta, pergunta essa que pode decidir o futuro-presente da minha vida.

O acaso tem me levado a coisas que parecem óbvias, mas que no fundo, não tão fundo, eu quero acreditar que tudo não passou de um engano, de uma armadilha para ferrar com a minha vida.

Esse grito de socorro dentro de mim me deu coragem para procurar uma amiga que há muito tempo não a vejo e não falo, nem por telefone nem por e-mail, nem por telepatia. Uma grande amiga sim, porque não é a distância, que nos separa, que fará eu deixar de considerá-la como tal.

Afinal, eu devo a ela a minha situação atual.

E, depois de inventar uma mentira para a muralha que nos separa, eu finalmente consegui falar com ela, ouvir a voz de quem mais me ajudou numa época difícil da minha vida, foi revigorante para mim.

Os 3 minutos que passei com ela ao telefone não fizeram com que minhas dúvidas sumissem, mas me serviu como força, porque, em meio às minhas tristezas e decepções, eu pude ter um pouquinho de alegria.

5 comentários:

Mariah opinou...
odeio me sentir sufocada :/
Rebeca opinou...
Que bom :)
Mone Laudelino opinou...
Ei Mony, sei muito bem o q estar sentindo, me sinto assim tbm as vezes, e tbm tenho vontade de "entrar na mente das pessoas p/ assim saber se o q elas estao falando é verdade.."
.........

A propria palavra de DEUS nos diz: " que quem encontrou um amigo, encontrou um tesouro", entao aproveite o maximo q puder dos tesouros q DEUS lhe deu.
Sinto falta disso, pq tenho pouquissimos amigos, os quais posso contar quando me encontro em momento como esse esse q vc passou.

Bjinhos....
Clara opinou...
Ohh moça..

A vida nos mostra alegrias, mas também nos deparamos com decepções.. eu sei nbem como é isso..

O jeito é levantar a cabeça e abraçar aqueles que valem a pena na nossa vida.

Espero que fique bem.

bjo da Clara
Jamylle Carvalho opinou...
me sinto assim tbm, às vezes =/