A certeza do momento

18 de outubro de 2010


De Janeiro a Janeiro
Nando Reis

Não consigo olhar no fundo dos seus olhos
E enxergar as coisas que me deixam no ar, me deixam no ar
As várias fases, estações que me levam com o vento
E o pensamento bem devagar
Outra vez, eu tive que fugir
Eu tive que correr, pra não me entregar
As loucuras que me levam até você
Me fazem esquecer, que eu não posso chorar
Olhe bem no fundo dos meus olhos
E sinta a emoção que nascerá quando você me olhar
O universo conspira a nosso favor
A conseqüência do destino é o amor, pra sempre vou te amar
Mas talvez, você não entenda
Essa coisa de fazer o mundo acreditar
Que meu amor, não será passageiro
Te amarei de janeiro a janeiro
Até o mundo acabar

2 comentários:

:: Mari :: opinou...
Mony,

Adoro Nando Reis, todas as musicas...
Posso dizer que o post tá showwww... rsrsrs

Esse finalzinho da letra tem a ver com o que tenho e vivo hoje [que meu amor não será passgeiro, te amarei de janeiro a janeiro até o mundo acabar]
Demais!!!

Parabéns pelo 1 ano de blog, o que você escreveu tem um tantão a ver comigo, que o blog é uma forma de desabfar o que não tenho corgem de falar.

Bjão
♥Fran♥ opinou...
adorei seu blog (: boa semana.